Maxi-Múndi

Nos dias 5,6 e 7 de setembro, os alunos do Maxi participarão da primeira simulação de debate da ONU feita pelo próprio colégio, em parceria com diretores de simulações do colégio Sigma Brasília.

 

 

O evento ocorrerá durante o feriado da independência (Dia 7) e contará com mais de 10 alunos, desde o 9° ano até a 3° série do Ensino Médio. O modelo de simulações ONU é feito com o intuito de proporcionar uma experiência real de debate da organização, com comitês e tópicos específicos para uma determinada crise ou problemática mundial. A simulação se dividirá em 5 comitês, os quais são:  Comitê do Senado Brasileiro; Comitê da Câmara dos Deputados; Comitê de Segurança das Nações Unidas (CSNU); Comitê de Segurança Nacional dos Estados Unidos, e o Comitê de Imprensa. Com exceção do comitê de imprensa, os comitês de debate requerem, além da criatividade dos participantes em criar argumentos e suportá-los, que os delegados (ou deputados/senadores) incorporem a ideologia de seu partido e não sua própria. Sendo assim, os participantes terão que, ocasionalmente, defender opiniões que contradizem sua própria, tornando os debates mais interessantes e desafiadores.

 

 A finalidade de cada comitê será chegar a uma conclusão em conjunto, ou com a maioria dos votos, para o problema apresentado, por isso, será fundamental a negociação entre os próprios delegados. Dito isso, dentro das ações e regras de procedimento de cada comitê, a boa negociação será o que tornará os debates mais dinâmicos, ou seja, a condução dos debates ocorrerá, quase unicamente, pelos próprios participantes.

 

Durante os dois dias de simulação, cada comitê debaterá diversos tópicos circulando uma temática. O Comitê do Senado Brasileiro debaterá sobre “Escola sem partido”; O comitê da Câmara dos Deputados, sobre a política do desarmamento, O “CSNU”, sobre o terrorismo mundial (Comitê antiterrorismo); e o Comitê de Segurança Nacional dos Estados Unidos, sobre a crise imigratória em seu território. Para esses temas, um documento de resolução, escrito por vários delegados, deverá ser dirigido à diretoria de cada comitê e será aprovado aquele que tiver a maioria dos votos e com melhores propostas de soluções. Por isso, a interação entre todos os delegados será constante do início ao fim da simulação.