Aprender em Inglês é tema de bate papo com diretora da Universidade do Missouri

 

Uma das instituições de ensino mais globalizadas do mundo, a Universidade do Missouri, nos Estados Unidos, terá uma representante em Cuiabá na próxima terça-feira (8), em visita aos alunos dos programas Middle e High School do Colégio Maxi. O encontro faz parte das atividades dos programas internacionais da universidade, que formam estudantes brasileiros no currículo americano.

A visita será feita pela Consultora de Comunicação Estratégica da Faculdade de Educação e Diretora de Desenvolvimento de Negócios dos programas Middle School e High School da Universidade, Tanya Haeussler. Na oportunidade, os alunos do 8º e 9º ano serão apresentados às possibilidades de graduação no exterior e os programas oferecidos pela universidade americana em parceria com o Colégio Maxi.

Tanya virá acompanhada de Renata Vaccari, coordenadora nacional dos programas no Brasil. Juntas, elas participarão de um bate papo com os alunos da escola para conhecer o desenvolvimento de cada um. Visitarão as salas de aula junto à equipe pedagógica, acompanhando os questionamentos e as descobertas dos estudantes, a integração de conhecimento e prática no ensino de um segundo idioma por meio, também, do intercâmbio cultural.

Atualmente, os programas internacionais no Colégio Maxi contam com seis turmas de jovens entre 10 e 16 anos – alunos da 6ª série do Ens. Fund. I ao 2º ano do Ensino Médio, e turmas de no máximo 20 alunos. A instituição é a única do Mato Grosso que oferece este tipo de formação. Com aulas ministradas em inglês no período da tarde, os estudantes do Middle School Global Leaders trabalham, na forma de projetos, a agenda global da ONU estudando Ciências, Conhecimentos Gerais, Literatura e Gramática.

Já no programa High School, a partir do 9º ano, os alunos são preparados durante três anos através de disciplinas que completam o currículo brasileiro, estudado no período regular de aulas. Essas disciplinas incluem Literatura Inglesa, oratória, redação, economia e planejamento de carreira. As aulas são 100% em inglês com professores estrangeiros.

Uma das vantagens do programa é que ao completar os estudos, o jovem recebe os diplomas americano e brasileiro, facilitando a sua entrada em uma universidade no exterior, estando pronto para a vida acadêmica seja no Brasil ou em qualquer universidade do mundo.

 

 

Fonte: Pau e Prosa Comunicação