Alunos concorrem a bolsas de estudo em prova preparatória ao Enem


Oportunidade de testar os conhecimentos e de conseguir uma bolsa de estudo para o próximo ano. Com esta expectativa, alunos do Colégio Maxi e de outras escolas fizeram o Provão Enem, no sábado (31.08). As premiações serão feitas entre os melhores colocados do 9º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio, da seguinte forma: 100% de desconto para o que obtiver a maior nota, 50% para o segundo lugar e 30% para o terceiro. A avaliação teve 510 inscritos.

A iniciativa ocorre desde 2016 e já na primeira edição o Maxi instituiu o concurso de bolsas. “Queremos, além de proporcionar este teste de aprendizagem, descobrir talentos também entre alunos de outras escolas. Por isso, premiamos os melhores colocados. Aqueles que estão no 2° ano e vão para o 3º no ano que vem passam a intensificar mais a preparação, mas é importante que os do 9º ano também já tenham uma noção”, frisou o diretor da escola, professor Leão.

Renan Moura e Alice Luz podem estar entre os novos talentos. Ambos com 14 anos de idade, cursam o 9º ano e querem ser contemplados com bolsas de estudo. “Busco uma escola boa para eu fazer o Ensino Médio, por isso pretendo conseguir uma boa colocação no Provão”, afirmou Renan, que quer se tornar um engenheiro. Com boas referências sobre o Maxi, Alice também ressaltou a importância de aferir o nível de aprendizagem. “Eu vim para testar o conhecimento e estou na expectativa de conquistar uma bolsa, pois eu conheço pessoas que estudam no Maxi e falam muito bem sobre o ensino”, contou a jovem, que quer ser juíza.

Segundo o professor Leão, a avaliação é minuciosamente elaborada, seguindo a tipologia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Cada questão tem um texto que exige interpretação dentro das quatro áreas que são cobradas. Mas, levando em conta o processo de ambientação, no nosso Provão reduzimos o número de questões, os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental respondem 50 questões, do 1º ano fazem 70 e a prova do 2º ano tem 90 perguntas”, explicou. Na recepção, aos alunos de outras escolas, o diretor destacou que o método do Maxi tem como material de apoio o sistema Anglo de ensino e uma proposta pedagógica que foca em duas vertentes: resultados e formação humana.

Composto apenas por questões de múltipla escolha, o simulado do Maxi contempla toda a matriz de habilidades do Enem e suas áreas: Linguagens e Códigos; Matemática e suas tecnologias; Ciências Humanas e Ciências da Natureza. O resultado será divulgado a partir do dia 09 de setembro, por meio dos canais de comunicação da escola. Os ganhadores terão até 31 de outubro para comprovar a situação escolar conforme os dados fornecidos no ato da inscrição.

Na reta final


Estudantes do 3º ano do Ensino Médio puderam fazer a prova a título de treinamento e não concorreram aos descontos, já que valerão para o ano letivo de 2020. É o caso de Geovana de Oliveira Cardoso, que cursa o último ano e pensa em fazer faculdade de Medicina ou Veterinária. “Fiquei sabendo da prova por um colega e achei legal poder ver na prática como meus estudos progrediram, eu espero ter um bom resultado”. Ao lado dela, a colega Michele Neves Batista considera importante ter uma noção da complexidade do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Como ainda não participei de nenhum teste assim, acredito que esta prova vai ser uma base muito boa”.

As provas do Enem 2019 serão aplicadas nos dias 03 e 10 de novembro. A nota obtida poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Foto: Helder Faria