Maxi participa do 3º Festival de Invenção e Criatividade, em São Paulo

O programa Fab Lab foi apresentado durante a terceira edição do Festival de Invenção e Criatividade (FIC), realizado no Centro de Difusão Internacional da Universidade de São Paulo (USP), de 19 a 21 de março. O evento aconteceu em conjunto com a 17ª Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE).

A convite da organização, o Colégio Maxi escolheu um dos projetos trabalhados com os alunos do 6º ao 9º do Ensino Fundamental II, para demonstração no Festival.

“O projeto que levamos foi a construção de carrinhos e foguetes movidos a pressão de ar, produzidos com garrafas pet – justamente abordando a questão da sustentabilidade. Nele, conseguimos trabalhar ainda conteúdos ligados a matemática, química, física e história”, explicou Ricardo Matias, professor e coordenador do Fab Lab.

O evento é tido como uma celebração do espírito inventivo, colaborativo e mão na massa da educação brasileira. Ainda segundo Ricardo, o feedback recebido durante o evento foi muito produtivo e a escola surpreendeu a todos com o nível do trabalho e aplicabilidade em sala.

“Houve muitas pessoas querendo ter acesso ao nosso material de apoio. Ficamos mais felizes ainda em saber que estamos no mesmo nível, ou até a frente, de alguns casos, quando se comparado com o Rio de Janeiro e São Paulo, que são os grandes centros de ensino maker e aprendizagem criativa”, comemorou.

Festival de Invenção e Criatividade

O objetivo do encontro é divulgar, inspirar e facilitar a implementação de atividades de aprendizagem mão na massa em ambientes educacionais. O evento é aberto para todos os públicos e possível explorar materiais e tecnologias high e low tech, participar de atividades e aprender de forma mais descontraída.

Nos Estados Unidos

O Colégio Maxi foi convidado para participar, em abril, do National Science Teachers Association (NSTA), que será realizado nos Estados Unidos. Durante o evento acontece uma conferência com demonstrações de conteúdos científicos, estratégias de ensino, maker, entre outros, que reúne escolas do mundo todo e o Colégio foi um dos selecionados para o encontro.

Fab Lab

O objetivo é envolver as disciplinas curriculares nas práticas de laboratório (Biotecnologia e Maker), e assim promover ações interdisciplinares. Em Mato Grosso, o Colégio Maxi é pioneiro em oferecer o programa, que é uma forma de construir conhecimento a partir da experimentação e pesquisa, para alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II.

 

 

Fonte: Pau e Prosa Comunicação