Beneficiados de bolsas integrais no Colégio Maxi confirmam matrícula

A chance de ter uma educação diferenciada, que possibilite a realização de muitos sonhos, para algumas pessoas é algo bem distante de ser alcançado. No entanto, cinco jovens com idades entre 15 e 16 anos, estudantes de escolas públicas, ganharam bolsas integrais do programa Somos Futuro e efetuaram a matrícula na última sexta-feira (18) para cursar o ano letivo de 2019 no Colégio Maxi.

A Gabriela Botelho, de 15 anos, conta que suas expectativas para estudar em uma das mais conceituadas instituições de ensino de Cuiabá são altíssimas. “Esse é um ambiente novo, totalmente diferente de onde eu estudava, então estou muito ansiosa para começar as aulas. Eu gosto muito de estudar, e como quero fazer medicina, preciso de um ensino muito bom para alcançar meu sonho”, conta.

O programa Somos Futuro está em seu segundo ano de execução e trata-se de um rigoroso processo de seleção, que inclui redação, prova online, conversa por videoconferência, entrevista pessoal, mais uma prova e entrevista com o coordenador.

Para a estudante Thais Cristiny, essa é uma grande oportunidade em sua vida. “Se a gente quer conseguir algo na vida é só pelo estudo, então essa é a oportunidade de conquistar os meus sonhos”, comenta. A mãe de Thais, Wanda Costa, declara que o orgulho é enorme. “Faz tempo que ela está tentando e para mim dá um orgulho enorme saber que ela conseguiu. Só estudando para ter um futuro melhor”, afirma.

O único menino aprovado, Vitor Gabriel, de 16 anos, conta que está muito animado para o início das aulas. “A expectativa é grande, com certeza, as melhores possíveis. Saí de uma escola pública para uma particular, consegui essa oportunidade inigualável e é muito emocionante. É preciso estudar para alcançar um futuro melhor, pretendo cursar Direito e ser advogado da área trabalhista”, revela.

Os alunos também ganharam o material didático e duas camisetas do uniforme do colégio para utilizarem durante o ano.  Leisyane Paula Silva Pereira, Thais Vitória Nizete Corrêa também confirmaram a vaga para o ano de 2019.