Alunos visitam fábrica de refrigerantes para conscientizar sobre uso da água

O Colégio Maxi ofereceu uma nova experiência ao 7º ano do Ensino Fundamental II. Os alunos visitaram na quinta-feira (8) a fábrica de refrigerantes da Marajá, durante aula de campo na cidade de Várzea Grande, sob supervisão do professor José Roberto Parecido.

A atividade faz parte do projeto para o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março. O objetivo é conscientizar os jovens sobre aspectos ambientais e sociais, quanto ao uso deste recurso natural gerando uma mostra.

O professor José Roberto considerou a iniciativa o jeito ideal de trazer ao cotidiano dos alunos as questões discutidas em sala. “A visita é para explicar aos alunos como essas grandes fábricas utilizam e tratam a água. Quantos litros de água são necessários para fazer um litro de refrigerante? Qual a taxa de desperdício?”, questionou.

Rosane, representante da Marajá, guiou todos os participantes pela fábrica. A linha de produção e a utilização da água foram exploradas. A central de reaproveitamento, considerada exemplo de tratamento em todo o Brasil, aguçou a curiosidade dos alunos.

João Vitor foi um dos mais interessados na atividade. A grandeza dos equipamentos com capacidade de produção média de 60 mil litros por hora é imponente. “Eu não imaginava todo esse trabalho, a quantidade de pessoas e o processo de limpeza da água é importante para perceber como a água é valiosa”, afirmou o aluno.

Segundo o professor de Ciências, sair da sala de aula e apresentar um novo espaço possibilita a construção de conhecimento centrada em perspectivas diferentes. “Geralmente queremos conscientizar pessoas dando como exemplo nossa própria casa. Estamos expandindo isso. Assim os alunos podem se conscientizar para toda a vida”, afirmou.

As atividades para o dia 22 de março ocorrerão em todas as turmas do Ensino Fundamental, realizando projetos como City Tour pela cidade de Cuiabá, visitas a pontos em que a água foi centro de importância para o crescimento e desenvolvimento da cidade, produção de poemas, além de selfies retratando a utilização da água, vídeo de 1 minuto e Ted Talk.

Ainda sobre o projeto, as 1ª e 2ª séries do Ensino Médio produzirão um vídeo minuto capaz de explorar o tema. No Ensino Médio, os professores de Geografia Ricardo Matias Martins e Jocinei Fernandes Alencastro colaboram com a proposta, promovendo reflexões em torno do uso inteligente da água.

 

Fonte: Pau e Prosa Comunicação